quarta-feira, 23 de junho de 2021

Prêmio de Exibição Audiovisual



Produção do Núcleo de Produções Artísticas - NÚPROART e direção de Victor Aziz, o documentário Memórias do Rio Cachoeira será exibido na TVE. Em breve programação completa das datas de exibição.
O Prêmio de Exibição Audiovisual que tem o apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultural do Ministério do Turismo, Governo Federal.
@funceboficial

sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

MRC recebe Prêmio de exibição Audiovisual

Prêmio de Exibição Audiovisual, contemplou 60 obras audiovisuais de curta, longa metragem e obras seriadas de produção independente, na categoria ficção, documental e animação, oriundas dos diversos territórios de identidade do estado da Bahia. As inscrições foram online e gratuitas, promovidas pela Secretaria de Cultura do Estado (SecultBA). O Prêmio integra o Programa Aldir Blanc Bahia, gerido pela Secretaria que destinou os recursos oriundos da Lei Aldir Blanc direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, da ordem de R$ 1 milhão. O intuito da premiação é exibir as obras audiovisuais selecionadas, durante os dois anos, na TVE (TV Educativa da Bahia), em horários estabelecidos pela emissora, e no Circuito Luiz Orlando de Exibição Audiovisual administrado pela Diretoria de Audiovisual da Funceb, a Dimas. O Circuito Luiz Orlando de Exibição Audiovisual tem pontos de exibição cadastrados em escolas, pontos de cultura e afins. As sessões serão programadas pela Dimas. Ainda não temos a previsão de exibição, mas em breve traremos as informações necessária para que você possa acompanhar o documentário Memórias do Rio Cachoeira na telinha da sua TV. Programa Aldir Blanc Bahia – Criado para a efetivação das ações emergenciais de apoio ao setor cultural, o Programa Aldir Blanc Bahia (PABB) visa cumprir os incisos I e III da Lei Aldir Blanc (Lei Federal nº 14.017, de 29 de junho de 2020) e suas regulamentações federal e estadual. As ações são a transferência da renda emergencial para os trabalhadores e trabalhadoras da cultura, e a realização de chamadas públicas e concessão de prêmios. O PABB tem execução pelo Governo do Estado, através da Secretaria de Cultura do Estado da Bahia, geridas por meio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura e do Centro de Culturas Populares e Identitárias; e as suas unidades vinculadas: Fundação Cultural do Estado da Bahia, Fundação Pedro Calmon, Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural.